O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), em parceria com a ACAM Portinari e municípios, promove periodicamente ações para a requalificação dos museus do Estado de São Paulo. A cada ano, novos programas de apoio são desenvolvidos, abarcando diferentes temáticas museológicas, buscando fortalecer estas instituições e fornecer-lhes subsídios para desenvolverem seus próprios projetos, dando continuidade às ações empreendidas pelo SISEM-SP.

São exemplos de ações já desenvolvidas:

  1. Projeto de Transferência do Museu de Arte Sacra de Iguape, foi realizada a transferência do acervo e expografia de sua antiga localização para a Basílica do Bom Jesus de Iguape. Para tanto, foi composta uma força-tarefa que incluiu profissionais da Secretaria de Estado da Cultura e de Organizações Sociais de Cultura vinculadas à UPPM.
  2. Plano de Comunicação – Orla Cultural, realizado, em 2012/2013, na Região Metropolitana da Baixada Santista, integrando 15 espaços museológicos em um plano de comunicação integrada, que resultou na criação e impressão de 30.000 exemplares um folder, distribuído em parceria com o Santos e região Convention e Visitors Bureau, de um blog (clique aqui) e e de um Manual de Comunicação para Museus de Pequeno Porte (clique aqui).
  3. Projeto de Salvaguarda, , no Museu Histórico e Pedagógico Major Levy Sobrinho, em Limeira, no ano de 2012, por meio do qual o SISEM-SP promoveu ações de formação da equipe do museu para correto acondicionamento, transporte e higienização do acervo, além de promover um inventário inicial.
  4. Trilha Cultural, o projeto, desenvolvido em 2014/2015, promoveu a identificação da riqueza e diversidade do patrimônio natural, histórico e cultural abrigado nos museus paulistas e, por meio de uma ação de comunicação compartilhada que contou com a criação e distribuição de 30.000 folders, promoveu o fortalecimento da imagem dessas instituições junto a seus públicos. Trilha Cultural apresenta os museus de Taubaté, excelentes oportunidades de cultura, lazer e diversão (clique aqui e conheça mais o projeto).
  5. Curadoria Coletiva, o projeto desenvolvido em 2014/2015 consiste em uma ação de capacitação em curadoria, produção e montagem de exposições para gestores de museu, com enfoque prático e tendo como resultado a produção de uma exposição itinerante montada nos museus integrantes do grupo de participantes (clique aqui e acompanhe o video do grupo de Curadoria Coletiva).
  6. Projeto de Salvaguarda, ao longo de 2014/2015, a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, em parceria com a Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari) e a Prefeitura Municipal de Amparo, desenvolveu o projeto de reimplantação de reservas técnicas e conferência de acervo no Museu Histórico e Pedagógico Bernardino de Campos. A ação objetivou a reestruturação das áreas de reserva técnica da instituição, após o processo de restauro do edifício sede e, concomitantemente, a conferência do acervo estadual, ali salvaguardado, para a futura doação do mesmo à municipalidade. Confira algumas fotos do projeto em nossa galeria (clique aqui)
  7. Programa Memória Ferroviária Paulista, o projeto desenvolvido em 2015/2016 construiu de uma plataforma virtual dedicada à visibilização e articulação da rede temática dos museus ferroviários paulistas, tendo como objetivo geral estimular a articulação e o fortalecimento dos museus ferroviários paulistas por meio da visibilização de seus acervos, intercâmbio de experiências e informações; promover o compartilhamento de banco de dados e incentivar a interlocução com os demais museus históricos detentores de acervos ferroviários visando à preservação da memória ferroviária paulista. Para acessar o site, clique aqui. Confira algumas fotos do Seminário de Museus, Memória Ferroviária e Paisagens Culturais em nossa galeria (clique aqui).

Informações

sisem@sp.gov.br | (11) 3339-8208